AddThis

Share |

domingo, 2 de janeiro de 2011

Manoel Galdino no Museu do Barro

O Museu do Barro, em Caruaru - PE guarda um importante acervo de peças de cerâmica da arte popular brasileira.
Mestre Galdino está representado aqui por algumas poucas peças, entre elas:
O Jaguá (s/ data)- Cerâmica

O Cachimbo (s/ data)- Cerâmica

Namoro dos Caracóis (s/ data)- Cerâmica
Detalhe de Namoro dos Caracóis
Estas peças pertencem ao acervo do Museu do Barro, Caruaru, Brasul
Fotos: Luciana Chagas
Posted by Picasa

3 comentários:

Acácia Azevedo Studio Pottery disse...

Acho que eu tinha 15 anos, quando o vi trabalhando, e comentei, é coisa de anjo ou de santo, eu jamais conseguiria trabalhar com o barro... Lindas postangens. Fiquei emocionada. Bjs. A.

Kennia Cristina de Andrade disse...

Bom dia professora Luciana, sou da Revista Tempo Cerâmico, uma publicação bimestral voltada aos arquitetos e decoradores, onde mostramos as peças e os trabalhos de cerâmica. Gostaríamos de convidá-la a participar do nosso quadro de articulistas, para escrever um artigo sobre cerâmica artística. Seria uma honra para nós termos você presente em nossa publicação. Aguardamos contato seu.

Estou à disposição para qualquer dúvida.

Obrigada.

Kennia Cristina S. de Andrade
Editora Executiva
Revista Tempo Cerâmico
tempoceramico@hotmail.com
(48) 3045.7862 - 3061.7097

Illian Narayama disse...

Mestre Galdino, inspirou muito artista em Pernambuco e fora dele... Meu pai foi um de seus discípulos dividiram o mesmo forno para queimar suas peças. Parabéns pelo trabalho e pelo artigo "O Labirinto Grotesco de Manoel galdino" estou estudando ele pois pretendo fazer meu trabalho de conclusão de curso próximo a este tema. abraços
Illian (illianarayama@yahoo.com.br)